Saxenda é promessa no controle da obesidade – Matéria com Francisco Bandeira

  • HOME
  • NOTÍCIAS
  • Saxenda é promessa no controle da obesidade – Matéria com Francisco Bandeira

IMG_7168-305x458Um dos medicamentos mais promissores da atualidade para o tratamento da obesidade é o que traz em sua composição a liraglutida, substância conhecida entre os especialistas antes só como recurso para tratar a diabetes tipo 2.

Essa versão, de nome comercial Saxenda, chega ao Brasil ainda neste semestre, diferentemente da conhecida para tratamento da DM2, apesar de ter o mesmo princípio ativo, o victoza, traz como diferencial a gramatura de 6mg. Ele é indicado para controle crônico de peso em pessoas com IMC a partir de 27. “A obesidade é uma doença crônica, o uso contínuo do medicamento é imprescindível para a manutenção da perda de peso”, comentou o médico Francisco Bandeira durante o Endorecife 2016. Segundo ele, a liraglutida é um agonista do receptor do peptídeo semelhante ao glucagon 1 humano acilado (GLP-1). “O GLP-1 é um regulador fisiológico do apetite e da ingestão de calorias e o seu receptor (GLP-1R) está presente em várias regiões do cérebro envolvidas com a regulação do apetite”, explicou.

De acordo com o médico, o Saxenda trabalha de uma maneira muito específica, agindo diretamente no estômago, mas apenas depois que a pessoa se alimenta. “Por ser 97% similar ao GLP1, ao invés de tirar a fome para a pessoa não querer comer, o Saxenda coloca a pessoa, após se alimentar, em um processo de digestão mais lento. Dessa forma, a pessoa vai na próxima refeição comer menos, e assim por diante, até que os resultados prometidos pelo medicamento sejam alcançados”, detalhou Bandeira.

saxenda-obesidade-emagrecimento

Deixe um comentário