Último dia da programação científica do EndoRecife 2017

O terceiro e último dia do EndoRecife manteve a forte característica cientifica do congresso, que completou 20 anos em 2017. Nas salas paralelas de conferências convidados nacionais e internacionais abordaram temas relevantes. A abertura foi com a conferência Use of testosterone in men: right and wrong, proferida por Andrea Coviello, professora assistente de medicina da Universidade de Bosto (EUA), que veio a Pernambuco representando a Endocrine Society, importante sociedade americana da especialidade e parceria do congresso. A coordenação da mesa foi do diretor da SBEM-PE, Érico Higino de Carvalho.

Na mesa redonda coordenada por Maria Juliana Arruda, a sala ficou lotada para acompanhar as apresentações. Modulação hormonal e anti-ageing foi o tema da palestra de Fábio Moura (PE), presidente da SBEM-PE. Dolores Pardini (SP) falou sobre o uso de testosterona em mulheres pré-menopausa. Coube a Felipe Gaia (SP) abordar o tema Prescrição de suplementos alimentares para não atletas. Ricardo Oliveira (RJ) falou sobre dieta do HCG.

Câncer de tireoide foi o tema central da mesa redonda coordenada por Maurício de Paula (PE), que contou com apresentação do cirurgião Jorge Pinho (PE), cujo tema foi Qual a extensão da abordagem cirúrgica no CDT?. Pedro Rosário (MG) discorreu sobre o tema Quando indicar o Radioiodo e qual a dose?. Hans Graf (PR) falou sobre tireoglobulina positiva com imagens negativas. E Helton Ramos (BA) voltou ao EndoRecife para falar quando e como usar inibidores de tirosinoquinase e imunoterápicos no CDT iodo-refrativo e CA medular de tireoide.

O pernambucano Francisco Bandeira fez conferência sobre hiperparatiroidismo normocalcêmico, desafios clínicos de um problema comum, mesa presidida por Daniel Lins (PE). Coube a Ney Cavalcanti (PE) presidir a mesa na palestra de Ruy Lyra (PE) sobre tratamento do diabetes tipo 2: o que o futuro nos promete?. A última palestra, sobre obesidade – atualização no tratamento farmacológico –  foi moderada por Gustavo Caldas, presidente do congresso, e contou com apresentações de Amélio Godoy (RJ), com o tema Perder peso é fácil?, e Fávbio Moura (PE), com o tema Manter o peso perdido é possível?.

Escreva seu comentário

Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando o posicionamento da SBEM-PE. A administração do site se reserva o direito de não publicar comentários que julgar inoportunos.


*