O segundo dia do EndoRecfe 2017

Diabetes e complicações macrovasculares foi um dos temas das mesas redondas no segundo dia do EndoRecife 2017, realizado no hotel Sheraton Reservado Paiva, no Cabo de Cabo Agostinho, Região Metropolitana do Recife. Sob a coordenação do endocrinologista Raimundo Sotero (SE), proferiram palestras Geísa Macedo (PE), Hermelinda Pedrosa (DF), Akhtar Hussain (NOR) e Marcos Tambascia (SP).

Na conferência sobre metabolismo ósseo, as palestras foram feita por João Lindolfo Borges (DF), Nara Crispin (PB), Thaís Gelenske (PE) e Alana Abrantes (PB).  Sobre o tema, falaram, ainda, Leonardo Bandeira (PE), Juliana Maia (PE), Narriane Chaves (PB) e Luiz Griz (PE). Na mesa sobre neuroendócrino, coordenada por Renan Montenegro (CE), o tema foi abordado por Mauro Czepielewski (RS), Luciana Naves (DF) e Marcelo Bronstein (SP).

Na extensa e diversificada programação científica, o professor Hussein Gharib (EUA) falou sobre hipotireoidismo. Sobre tireoide, ainda falaram Maria Izabel Chiamoreia (SP), Pedro Rosário (MG), Helton Ramos (BA) e Hans Graf (PR). Na conferência sobre andropausa, o argentino Pablo Knoblovits fez a abordagem do tema, como representante da Federação Latino Americana de Endocrinologia. Incidentalomas adrenais foi tema da palestra de Cláudio Kater (SP).

Sobre o tratamento do diabético tipo 2 – o que associar primeiro com metformina, fizeram palestras Amélio Godoy Matos (RJ), Saulo Cavalcanti (MG), Maria Amazonas (PE) e Adriana Forti (CE). O tratamento do diabético foi o tema abordado por Octavio Rizzi Coelho (SP), Josivan Lima (RN), Alberto Ramos (PB) e Lúcia Cordeiro (PE). A endocrinologia feminina teve abordagens através de palestras de Thyciara Fontenele (CE), Monica  Oliveira (PE), Ana Paula Tavares (PE) e Madalena Caldas (PE).

Para finalizar a programação do dia, as mesas redondas foram sobre temas variados. Sobre diabetes, os palestrantes foram Amaro Gusmão (PE), Carlos Negrato (SP), Bruno Halpern (SP) e Lúcia Cordeiro (PE), havendo uma conferência, ainda, sobre síndrome metabólica com o professor Marl DeBoer (EUA). Sobre gônodas falaram Dolores Pardini (SP), Renan Montenegro  Júnior (CE), Ricardo Oliveira (RJ) e Erik Trovão (PE). Sobre neuroendócrino, os palestrantes foram Luciana Naves (DF), Renan Montenegro (CE), Daniella Rego (PE) e Mauro Czepielewski (RS), havendo discussão de casos clínicos feita por Gustavo Caldas (PE), presidente do congresso, e Luciano Albuquerque (PE), e uma conferência de neuroendócrino com Lúcio Vilar (PE).

Escreva seu comentário

Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando o posicionamento da SBEM-PE. A administração do site se reserva o direito de não publicar comentários que julgar inoportunos.


*